Notícias

A celebração do Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, 28 de junho, representa um marco no processo de conquista da igualdade e aceitação de pessoas com diferentes orientações sexuais, identidades e expressões de gênero. Há poucos dias dessa data, entidades internacionais que congregam profissionais da contabilidade lançam um abrangente relatório produzido a partir de pesquisas realizadas em todo o mundo, propondo ações concretas para melhorar a diversidade, equidade e inclusão no meio contábil. 

Produzido pelo Institute of Management Accountants (IMA*), California Society of Certified Public Accountants (CalCPA*) e International Federation of Accountants (Ifac*), o relatório intitulado Diversificando o Talento Contábil global: Soluções Práticas para o Avanço” (tradução livre) propõe um conjunto de ações coordenadas para melhorar a diversidade, igualdade e inclusão no ambiente de trabalho. Mais de 60 organizações de profissionais da contabilidade de todo o mundo foram incluídas neste relatório como defensoras da bandeira da diversidade, igualdade e inclusão (DII), representando uma das mais amplas inciativas coletivas sobre esta causa na história mundial das Ciências Contábeis.

O trabalho propõe também indicadores para monitorar e medir o progresso de DII de forma consistente e comparável e conclama a classe contábil global a responder de maneira assertiva e colaborativa, a fim de acelerar o avanço generalizado de DII.

O relatório visa ainda apoiar as iniciativas voltadas para a sustentabilidade no mundo dos negócios , como o Pacto Global das Nações Unidas (UNGC) e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e congêneres, por meio do incentivo. Em apoio a esses objetivos, membros da profissão buscam implementar soluções duradouras para atrair, reter e promover forças de trabalho talentosas que respeitam umas às outras e incentivam a diversidade de pensamento e perspectiva.

Saiba mais aqui.

A íntegra do relatório pode ser acessada aqui. Mais informações podem ser obtidas no site da IMA.


Coordenador da Comissão de Diversidade e Inclusão Profissional do CRCPR participa de reunião junto ao CFC representando o Coletivo Contábil de Inclusão e Diversidade 

Representantes da diretoria executiva do CFC e do Coletivo Contábil de Inclusão e Diversidade (Colid) estiveram reunidos, na manhã desta quarta-feira (22), para tratar da aproximação das entidades para a promoção da diversidade na profissão contábil. A reunião foi conduzida pela diretora executiva do CFC que destacou a disponibilidade do Conselho em apoiar a questão. “O CFC está aberto para entender e colaborar com essas ações”, afirmou. A diretora lembrou ainda que o CFC já corrobora com atitudes direcionadas à questão, como a adoção do nome social na carteira de identidade profissional, entre outras coisas.

Ao apresentar a entidade, Daniel Pereira falou sobre a importância de se promover a diversidade para obter uma visão mais plural e igualitária dos assuntos e demonstrou o anseio do Colid em contribuir com o CFC nesse quesito. “Estamos desejosos por um espaço entre os profissionais da contabilidade”, afirmou. 

Já Iago Lopes, coordenador da Comissão de Diversidade e Inclusão Profissional do Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRCPR) falou da necessidade de se construir espaços seguros aos diálogos relevantes à construção de um olhar mais coletivo. Iago ressaltou ainda que a ausência de um ambiente amigável à causa na contabilidade tem incorrido na perda de talentos no setor. 

“Por conta da estereotipagem existente na contabilidade, estamos perdendo talentos. Por isso, a necessidade de se construir ambientes mais seguros dentro da profissão”, ponderou.     

As propostas definidas pelas instituições serão levadas ao Conselho Diretor do CFC para homologação das ações. A reunião foi realizada na modalidade virtual e contou com a participação da diretora executiva do CFC, Elys Tevania Carvalho, e os representantes do Colid, Iago França Lopes, Carlos Adriano Gomes Gordiano e Daniel de Jesus Pereira.





*Siglas em inglês

Com informações do CFC, IFAC e IMA

Reprodução permitida, desde que citada a fonte.