Whatsapp Logo Quadrado

Notícias

Encontro teve como tema a exigência do CNPC para a revalidação de peritos no cadastro do Tribunal

Na manhã do dia 8 de julho, o presidente da Associação dos Peritos, Avaliadores, Mediadores, Conciliadores, Árbitros, Intérpretes e Interventores do Paraná (APEPAR), Cássio Eliakim Fugimoto, visitou o Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRCPR) acompanhado pelo diretor de Integração Social da entidade, Marcello Crispiniano Padula, que também é conselheiro suplente do CRCPR. Eles foram recebidos pelo presidente Laudelino Jochem, pelo vice-presidente de Administração e Finanças, Roberto Figueiredo, e pelo diretor superintendente, Gerson Borges de Macedo. 

O objetivo do encontro foi repercutir a recente exigência da Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR) de que os peritos contadores que integram o Cadastro de Auxiliares da Justiça (CAJU) comprovem participação no Cadastro Nacional de Peritos Contábeis do Conselho Federal de Contabilidade (CNPC-CFC).

Ao longo da conversa, o vice-presidente Figueiredo falou sobre a reunião que teve no dia 23 de junho com o Corregedor-Geral do TJPR, desembargador Desembargador Luiz Cezar Nicolau, quando esclareceu que a inclusão de profissionais da contabilidade no 

CNPC depende da aprovação em Exame de Qualificação Técnica específico, que o CFC aplica duas vezes ao ano, e que a permanência no cadastro depende do cumprimento da pontuação anual no Programa de Educação Profissional Continuada (PEPC), tendo tecido também informado que o CFC realizará uma nova edição do EQT em meados do segundo semestre, em data a ser definida. Figueiredo relatou ainda aos visitantes que, diante das explanações apresentadas, o Corregedor-Geral de pronto prorrogou a exigência da comprovação do CNPC para 31 de dezembro, de modo a possibilitar que os peritos que porventura estejam fora do cadastro do CFC tenham a oportunidade de participar da próxima prova.

Saiba mais:

Reprodução permitida, desde que citada a fonte.