Notícias

A contadora Ariane Yumi de Almeida Rocha, conselheira efetiva do Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRCPR) desde janeiro deste ano, assumiu em março a Coordenação Geral das Comissões Técnicas de Trabalho, sucedendo o conselheiro Michel Gulin Melhem, que na atual gestão desempenha a função de vice-presidente de Desenvolvimento Profissional. 

Com mais de 20 anos de carreira na área contábil, a profissional foi delegada representante do CRCPR em Ponta Grossa e presidente do Rotary Club Ponta Grossa Oeste (gestão 2018-2019), é especialista em Controladoria e Metodologia do Ensino Superior pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), teve passagens por empresas privadas e públicas e, atualmente, tem seu próprio escritório contábil. Nesta entrevista, Ariane conta sua trajetória e fala sobre os desafios da coordenação geral dos atuais 15 grupos de trabalho, que somam quase 150 profissionais da contabilidade do mais alto nível e com foco nessas diversas áreas de interesse.

CRCPR Online: Como a senhora reagiu ao convite do presidente Laudelino Jochem para liderar a comissão?

Ariane Yumi de Almeida Rocha: No início, confesso que senti uma certa apreensão em aceitar o convite, pois se trata de um grande desafio. Mas o amplo apoio do presidente Laudelino, do Conselho Diretor, dos demais conselheiros e de todo o quadro de colaboradores do CRCPR me deram a confiança necessária para poder atender às expectativas que a função exige. Para aceitar este desafio, optei por reduzir o número de clientes que atendo, a fim de priorizar a qualidade do meu trabalho, tanto no escritório, quanto no Conselho. Tenho o prazer de fazer parte de uma equipe de conselheiros que, além de serem excelentes profissionais, são seres humanos com grandes qualidades, cada um com a sua peculiaridade, mas todos com uma grande empatia para auxiliar e engrandecer esta gestão. O objetivo de servir e fazer um trabalho honorífico está muito presente em todos.

CRCPR Online: Este é o seu primeiro contato com entidades de classe ou a senhora tem alguma experiência anterior? Conte-nos um pouco da sua trajetória profissional.

AYAR: Meu primeiro contato com entidades de classe foi em 2021, quando me tornei delegada representante do CRCPR na cidade de Ponta Grossa. Logo a seguir, surgiu o convite para participar da chapa que concorreu às eleições para renovação de 2/3 do Plenário do Conselho. Com a confirmação da chapa pelo voto dos profissionais da contabilidade, meu mandato de quatro anos como conselheira efetiva teve início em janeiro deste ano.

A minha história profissional, por outro lado, teve início em família, no escritório de contabilidade dos meus pais, no início dos anos 1990, época em que, para trabalhar com contabilidade, era necessário ter curso de datilografia. As notas fiscais eram lançadas a mão nos livros de entrada e saída - aqueles livros de capa preta, que originaram o antigo nome da profissão, guarda-livros. Por fazer o curso técnico em contabilidade, no último ano tive a oportunidade de estagiar na Caixa Econômica Federal. Depois, me formei em Ciências Contábeis pela UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa) e, já como contadora, trabalhei em setores de contabilidade e controladoria em empresas privadas. Em 2002, resolvi abrir um escritório de contabilidade para atender empresas de vários segmentos aqui em Ponta Grossa. Recentemente, na busca por mais conhecimento, concluí também a formação como Coach & Analista Comportamental pela Sociedade Latino-Americana de Coach (SLAC). 

"Tenho o prazer de fazer parte de uma equipe de conselheiros que, além de serem excelentes profissionais, são seres humanos com grandes qualidades, cada um com a sua peculiaridade, mas todos com uma grande empatia para auxiliar e engrandecer esta gestão. O objetivo de servir e fazer um trabalho honorífico está muito presente em todos."

CRCPR Online: Quais são as atribuições da Coordenação Geral das Comissões?

AYAR: As atribuições são coordenar amplamente o trabalho de todas as comissões, sob a diretriz da presidência, garantindo o alinhamento temático dos trabalhos, eventos e atividades com as atividades fins - Registro, Fiscalização e Desenvolvimento Profissional - e com a missão institucional do Conselho - inovar para o desenvolvimento da profissão contábil, zelar pela ética e qualidade na prestação dos serviços, atuando com transparência na proteção do interesse público. Além disso, elaborar o cronograma geral das atividades das comissões, solucionando conflitos de agenda para que a equipe de colaboradores do CRCPR possa proporcionar o necessário suporte com qualidade e para garantir que o maior público possível seja alcançado. Também é minha responsabilidade produzir relatórios periódicos e dar acompanhamento contínuo para as informações divulgadas nos canais do CRCPR sobre os trabalhos desenvolvidos.

CRCPR Online: Como se dá a sua interação com os coordenadores das comissões temáticas e com as áreas operacionais do CRCPR?

AYAR: Continuamente passo informações e tiro dúvidas dos coordenadores e integrantes das comissões. No mês de junho, já tenho programado um dia para fazer atendimento presencial na sede do CRCPR, e de forma online aos coordenadores que não puderem estar presentes, para estreitarmos o vínculo e trabalharmos em prol dos objetivos de cada comissão.

CRCPR Online: O que os profissionais da contabilidade podem esperar da atuação das comissões para o biênio 2022-2023?

AYAR: Estamos numa fase de final de pandemia, durante a qual, por dois anos, fomos forçados a mudar a maneira de interagir, passando do formato presencial para o formato online. As comissões estão trabalhando para atender o maior número de profissionais da contabilidade nesse novo formato online ou com eventos no formato híbrido (presencial e online), para que possamos atingir o maior número de profissionais, tanto da capital quanto do interior do estado, suprindo a demanda por atualização daqueles que muitas vezes não têm a oportunidade de participar de eventos presenciais.

CRCPR Online: Algum outro aspecto da função que gostaria de comentar?

AYAR: Quero agradecer a toda a equipe deste Conselho, que me recebeu de braços abertos, sempre me orientando e me ensinando como se deve proceder dentro de uma autarquia federal. O sucesso de todo trabalho é composto pelo esforço e pela dedicação de cada colaborador que apoia o trabalho das comissões, de cada conselheiro e de cada coordenador que se dispõe, de forma voluntária, a prestar um serviço em prol da classe contábil e da sociedade.



Reprodução permitida, desde que citada a fonte.