Whatsapp Logo Quadrado

Notícias

Nos próximos dias, acontece sessão do Congresso Nacional que irá analisar a proposta de extinção do veto do presidente da República ao Projeto de Lei nº 4.157/19, que promovia a anistia a infrações e anulação de multas por atraso na entrega da Guia de Recolhimento do FGTS (GFIP). 

A partir do momento em que a Receita Federal do Brasil (RFB) lançou multas pelos atrasos de forma retroativa ao período de 2009 a 2014 e durante todo o processo de tramitação do Projeto de Lei pelas diversas instâncias no Congresso Nacional, o Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRCPR) realizou inúmeras ações junto a deputados e senadores da bancada paranaense e lideranças políticas para demonstrar que a aplicação de tais penalidades era descabida, visto que os atrasos ocorreram por falhas dos sistemas dos órgãos responsáveis por receber os arquivos à época. 

O CRCPR segue acompanhando de perto as ações relacionadas a esse tema, para o qual é primordial a mobilização da classe contábil junto aos deputados federais, para que se manifestem pedindo a derrubada do veto.