Whatsapp Logo Quadrado

Notícias

Dois textos da contadora Juh Círico, integrante da Comissão da Diversidade e Inclusão Profissional do Conselho Regional de Contabilidade do Paraná, que é aluna do doutorado em Ciências Contábeis da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), acabam de ser aceitos para publicação por um dos mais conceituados periódicos do mundo na área contábil, a revista Accounting, Auditing & Accountability Journal (AAAJ), avaliado com nota máxima no sistema brasileiro de avaliação de periódicos (Qualis A1), com alto fator de impacto científico. 

A temática dos textos é a contabilidade sob uma ótica humanizada. Eles são escritos em forma de poema. O primeiro é intitulado "Contavidade", termo criado por Círico para expressar que a área, para além dos números, também é permeada por valores humanos e pessoais. Por sua vez, o segundo texto - Believe, Resist and Conquer - aborda a luta e a resistência de uma pessoa trans em uma área profissional notadamente conservadora.

Em seu perfil no Instagram, a pesquisadora comemorou a conquista com o seguinte comentário:

"Seguimos na luta, na resistência, sempre! Pesquisando, escrevendo e publicando muito, afinal, TRANS PODE TUDO!!!

“Teremos uma trans doutoranda em Ciências Contábeis, brasileira, que tenta unir a arte com a contabilidade, sendo lida em um dos maiores journals de Contabilidade do mundo, com altíssimo fator de impacto”, comemorou a pesquisadora.

Círico, que está no primeiro ano do doutorado, afirma que é a primeira mulher trans doutoranda em Ciências Contábeis no país e no primeiro semestre deste ano, publicou também a obra "Guia da Diversidade LGBTQIAPN+ para profissionais da contabilidade". De acordo com a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) apenas 0,02% da nossa população Trans e Travesti estão nas universidades, no país. A doutoranda afirma que ocupar o espaço em uma área tão conservadora que é a das Ciências Contábeis é imprescindível e que seu próximo passo é o de ocupar espaço na docência universitária. 

"Meu objetivo é abrir portas para que outras pessoas trans possam entrar e estarem inseridas desde a graduação até o doutorado em Ciências Contábeis. Trans pode tudo!", afirmou, repetindo o bordão postado em suas redes sociais, ao Portal Comunica UFU, que noticiou a sua conquista, destacada também pelo site de notícias G1.

Os artigos-poemas serão publicados no volume 36.1 da AAAJ, na sessão que trata sobre vozes silenciadas na contabilidade, lado a lado com artigos científicos.

Com informações do Portal Comunica UFU e do G1.

Reprodução permitida, desde que citada a fonte.