Whatsapp Logo Quadrado

Notícias

Em reunião com o presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Paraná (CRCPR), Laudelino Jochem, e o diretor superintendente da autarquia, Gerson Borges de Macedo, ocorrida na manhã da última quinta-feira (17), o contador Márcio José Assumpção foi confirmado como coordenador da Comissão do Contador Público da entidade, para o biênio 2022-2023. 



Analista de Controle do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), autor de livros voltados para a Contabilidade Aplicada ao Setor Público e professor de cursos de graduação e pós-graduação, ele antecipa nesta entrevista os principais planos à frente da comissão, cuja composição deverá ser anunciada em breve.

CRCPR Online: Com uma trajetória como integrante voluntário da Comissão do Contador Público do CRCPR desde a sua criação, em 2008, e coordenador de 2012 a 2015 e de 2018 até hoje, como o senhor avalia a evolução desse grupo de trabalho?

Márcio José Assumpção: A criação da comissão, em 2008, foi um marco para a Contabilidade Aplicada ao Setor Público no Paraná, pois possibilitou ao CRCPR mapear a presença do profissional da contabilidade nos órgãos públicos e autarquias atuantes no estado, mensurar a relevância dessa comunidade e identificar suas necessidades em termos de atualização e desenvolvimento profissional. Esse grupo de trabalho tem sido de fundamental importância para ajudar os profissionais da área pública a acompanharem as profundas mudanças que ocorreram nas Ciências Contábeis e na Contabilidade Aplicada ao Setor Público ao longo desses quase 15 anos. Também instituiu um fórum para a troca de experiências e compartilhamento de melhores práticas, que no fim das contas se reverte em benefícios não apenas para os órgãos públicos onde esses profissionais atuam, mas para o contribuinte e para a sociedade como um todo.

CRCPR Online: Como o senhor recebeu o convite do presidente Laudelino Jochem para continuar liderando a comissão?

MJA: Fiquei muito honrado com o convite, pois entendo que se trata de um reconhecimento ao trabalho que temos realizado ao longo dos anos, e espero continuar correspondendo à confiança que me foi mais uma vez depositada.


CRCPR Online: Como o senhor avalia o novo procedimento adotado pelo CRCPR para definir a composição da comissão, em que quatro integrantes são indicados pelo coordenador e os demais são escolhidos a partir de candidaturas apresentadas por meio de chamamento público?

MJA: Considero que o processo é bastante positivo, pois ao mesmo tempo em que assegura a continuidade do trabalho que já vem sendo realizado, possibilita a entrada de gente nova, que trará novas ideias, para que o CRCPR se mantenha como referência em termos de Educação Continuada para os profissionais contábeis da área pública.

CRCPR Online: O senhor poderia antecipar alguns planos da comissão para o biênio 2022-2023?

MJA: Para que possamos bater o martelo quanto ao nosso plano de trabalho, é importante aguardarmos a composição final da comissão, pois queremos ouvir as contribuições de todos os integrantes. No entanto, posso antecipar que pretendemos manter uma intensa presença em termos de conteúdos na TV CRCPR e a realização anual do Fórum de Contabilidade Aplicada ao Setor Público. Também pretendemos fomentar uma aproximação mais intensa com as comissões de contadores públicos dos CRCs da região Sul, para que possamos enriquecer a troca de experiências e boas práticas.

CRCPR Online: Gostaria de acrescentar algum outro ponto que não tenhamos abordado?

MJA: Quero colocar o e-mail da comissão à disposição para o encaminhamento de sugestões e como canal de participação. Afinal, a comissão não é dos integrantes, mas de todos os profissionais contábeis do setor público do Paraná. As contribuições serão sempre bem-vindas para o engrandecimento da profissão.

Contato Comissão do Contador Público


Reprodução permitida, desde que citada a fonte.