Relações sociais

A vice-presidência de Relações Sociais é responsável pelos projetos e ações voltados à integração do CRCPR e da classe contábil com a sociedade, com a finalidade de promover a responsabilidade social. A vice-presidente de relações sociais do CRCPR para o biênio 2020-2021 é a conselheira Denise Maria de Oliveira.

Contatos:

Denise Maria de Oliveira - vice-presidente de Relações Sociais


Projetos e ações

Balanço Socioambiental

Documenta todas as ações realizadas pelo CRCPR com o intuito de exercer a responsabilidade social, preservar o meio ambiente e manter condições de vida satisfatórias no mundo. É solicitado pelo Conselho Federal a todos os conselhos regionais do país.

O CRCPR tem implantado, internamente, ações que estimulem entre seus funcionários e conselheiros mudanças comportamentais em benefício do meio ambiente e da sociedade, como a reutilização de papéis para impressão, a utilização de copos de vidro em detrimento dos copos plásticos, a separação do lixo reciclável, a substituição dos galões por filtros purificadores de água, dentre outras.


Projetos sociais

Campanha do Agasalho

Iniciativa que envolve escritórios, delegacias regionais e a sede do CRCPR, a campanha do Agasalho visa arrecadar e distribuir peças de inverno, roupas e cobertores, a instituições beneficentes do Paraná, a fim que sejam destinadas aos mais necessitados nos meses mais frios do ano. Busca incentivar a consciência social dos contabilistas, tanto individualmente como classe profissional, e promove o engajamento de conselheiros, funcionários e toda a sociedade em torno de uma nobre causa.

2013 – Período de arrecadações pré-agendado: de 15/5 a 30/6.

2012 – Sob o lema “Doe um agasalho, aqueça um coração”, a campanha foi realizada simultaneamente, entre julho e agosto, em dez cidades do Estado: Campo Mourão, Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guarapuava, Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Toledo. As instituições beneficiadas foram (clique nos links para conhecer): Amiga dos Sonhos (Curitiba), Centro de Nutrição Infantil (Foz do Iguaçu), Lar dos Idosos (Toledo), Casa de Passagem São José (Campo Mourão), Albergue Frederico Ozanam (Guarapuava), Recanto da Criança (Cascavel), e Associação de Proteção à Maternidade e à Infância Haroldo Beltrão (Francisco Beltrão).

2011 Com o tema "Mais de um ano sem usar, tá na hora de doar", a campanha foi coordenada pelo então vice-presidente de relações sociais, Maurício Gilberto Cândido, entre 10/5 a 31/8.

We are the sole owners of the information collected on this site. We only have access to/collect information that you voluntarily give us via email or other direct contact from you. We will not sell or rent this information to anyone. We will use your information to respond to you, regarding the reason you contacted us. We will not share your information with any third party outside of our organization, other than as necessary to fulfill your request, e.g. to ship an order.

Criança Feliz

Campanha de arrecadação de roupas, material escolar, brinquedos e alimentos para distribuição a instituições beneficentes que atendem crianças carentes no Dia das Crianças, em 12 de outubro.

2012 – Período de realização: 01/09 a 12/10.
Entidades contempladas: Centro de Educação Infantil (CEI) Esmeralda, no bairro Xaxim, e da Casa Morada do Sol, ambas de Curitiba.

Natal Solidário

Campanha de arrecadação de brinquedos, alimentos crianças, jovens e idosos assistidas por instituições beneficentes. Foi criada para desenvolver a responsabilidade social da classe contábil de uma forma que cada comunidade possa canalizar as arrecadações para atender suas carências.

2012 – a partir de 1 de novembro de 2012.

Entidades já contempladas: Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia –APACN de Curitiba; em Londrina, a Casa de Apoio Madre Leonia; em Maringá, a Fundação Oásis; em Paranavaí, a Casa da Criança.

Programa do Voluntariado da Classe Contábil (PVCC)

Projeto lançado em nível nacional pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC) em 2008, coordenado na região Sul por Maurício Gilberto Cândido. Visa sensibilizar os contabilistas sobre a importância das ações voluntárias para construção de uma sociedade mais solidária e justa. Atua no Paraná e no Brasil em diversas frentes:

  • Incentiva a associação do contabilista à Ação Fome Zero, organização da sociedade civil de interesse público (Oscip) cuja missão é amparar e estimular ações e políticas integradas que viabilizem a segurança alimentar e nutricional da população brasileira. Neste sentido, estimula a participação do contabilista no Conselho de Alimentação Escolar (CAE) de seu Município e Estado, como auxiliar na gestão da merenda escolar. Através de consultoria contábil, ele pode fiscalizar as prestações de contas e a aplicação dos recursos transferidos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), conhecido como Programa da Merenda. O CAE é um grupo independente, composto por representantes do Executivo, sociedade civil, professores, trabalhadores da área da educação, alunos e pais de alunos. O CFC elaborou uma cartilha que traz orientações para o contabilista que deseja apoiar o trabalho do CAE: http://www1.cfc.org.br/uparq/cartilha.pdf
  • Orienta o contabilista a informar e sensibilizar clientes e a sociedade em geral sobre a possibilidade de destinar parte do Imposto de Renda devido ao Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUNCRIANÇA) de seu município e Estado. No Paraná, a iniciativa se concentra em informar sobre as leis de incentivo fiscal e instruir sobre o lançamento de doações aos fundos, conhecidos no Estado pela sigla FIA.
  • Apoio a Organizações da Sociedade Civil para a transparência na prestação de contas, gestão de convênios de pastorais e melhoria da gestão de organizações assistenciais, especialmente nas áreas financeira, contábil e patrimonial.
  • Há ainda o projeto Rede Nacional de Cidadania Fiscal, em parceria com o Observatório Social do Brasil e o Instituto Social Íris, e ações localizadas de voluntariado em políticas sociais e comunitárias.
  • Todos os profissionais da contabilidade são convidados a conhecer as iniciativas e a se engajar: http://www1.cfc.org.br/conteudo.aspx?codMenu=305

Menor Aprendiz

Nossa proposta é divulgar os projetos em funcionamento em diversos municípios do Paraná em consonância com a Lei nº 10.097/2000, conhecida como a Lei do Menor Aprendiz, e incentivar o contabilista a ser o empreendedor desta ideia na sua cidade, ajudando a retirar menores da rua e dando a eles a oportunidade de entrar legalmente no mercado de trabalho.

E mais:

Apoio ao projeto Valor à Vida, da Santa Casa de Curitiba, referência em transplantes no Paraná, para captação de recursos por meio do site www.doesantacasa.org.br




Veja também: